7 videoclipes da P!nk pra comemorar a chegada do “Beautiful Trauma”! • MAZE // MTV Brasil
ListasMúsicaPosts

7 videoclipes da P!nk pra comemorar a chegada do “Beautiful Trauma”!

João Batista492 views

Alecia Moore, conhecida no meio fonográfico pelo seu pseudônimo P!nk, é uma das artistas mais autênticas da sua geração. Quando deslanchou lá no começo dos anos 2000, um momento onde padrões de beleza e hiperssexualização feminina eram requisitos obrigatórios para uma mulher se destacar no mainstream, ela não tinha medo de botar seu pop rock na rua falando sobre o que quisesse e da maneira que mais lhe convinha.

20 anos se passaram, muitos hits foram lançados, um turbilhão de coisas aconteceram na vida da loira, e hoje ela lança “Beautiful Trauma”, seu sétimo álbum e talvez o mais vulnerável (e menos debochado) de toda sua carreira, onde ela canta sobre amadurecimento, desilusões amorosas e até mesmo dilemas existenciais.

Foram 5 anos até que ela resolvesse voltar de vez, e é óbvio que a saudade foi imensa durante todo esse tempo, não é mesmo? Pensando nisso, resolvemos fazer esse post para comemorar a volta de Rosinha enaltecendo uma das coisas que ela sempre fez muito bem em sua carreira: videoclipes. Separamos 7 visuais incríveis para poder mostrar que, apesar do tempinho em off, ela chegou com tudo no seu 7º compacto.

#01 – Don’t Let Me Get Me

Esse não foi o primeiro grande vídeo lançado por P!nk, mas foi o responsável por começar a fomentar a fanbase da cantora por aqui. Quem não lembra da música em uma das trilhas sonoras de “Malhação”? Saudades…

#02 – U + Ur Hand

Dando um salto para 2006, vemos uma P!nk mais evoluída mas ainda nada apologética. Com um quê feminista e dando uma alfinetadinha nos machos que acham que estão arrasando na conquista, ela canta que não está ali pra entretenimento de ninguém e manda logo a real: serão só você e sua mão essa noite.

P.S.: Não podemos passar pro próximo sem deixar de exaltar a produção MARAVILHOSA desse vídeo.

#03 – So What

Respeito é o que merece uma pessoa que chama o ex pra participar do clipe de uma canção sobre ele mesmo. Quando lançou “Funhouse”, ela estava passando por maus momentos com seu atual marido Carey Hart. Na época, ela compôs “So What” inspirada nele e chamou o próprio cara pra participar do vídeo. Deboísmo goals!

#04 – Please Don’t Leave Me

Se no carro-chefe de “Funhouse”, P!nk estava de boa com tudo, no single “Please Don’t Leave Me” ela se mostrou menos na defensiva e com sangue resfriado. Mesmo com um tom melancólio, a música ganhou um clipe bem engraçado e um pano de fundo circense bem sinistrinho, onde ela faz literalmente de tudo para impedir que seu amado a deixe.

#05 – F**kin’ Perfect

Ao lançar a coletânea “Greatest Hits… So Far!”, Alecia lançou duas músicas inéditas junto com ele: “Raise Your Glass” e “Fuckin’ Perfect”. Ambas ganharam clipe, mas sem dúvidas o segundo se destaca. Cantando sobre autoaceitação num roteiro e direção impecáveis, a produção ajudou a música a se tornar um hino de amor próprio mundo inteiro desde então.

#06 – Try

Desenvolvendo cada vez mais suas habilidades acrobáticas, P!nk chegou à era “The Truth About Love” no auge da sua boa forma física e artística – e o clipe do single “Try” foi a materialização disso. Nele, ela dança e faz movimentos desafiadores ao lado do ator/dançarino Colt Prattes alguns anos antes de Sia e Maddie Ziegler pudessem trazer (e saturar) a dança contemporânea pra dentro do pop mainstream.

#07 – What About Us

Enfim, chegamos à 2017! Apesar da música não ser a melhor coisa que temos no “Beautiful Trauma”, “What About Us” ganhou um visual belíssimo e cheio de propósito, e veio super à calhar para o momento que estamos vivendo agora. Se P!nk conseguiu fazer algo tão belo para uma canção tão meia boca, a gente só fica ainda mais curioso pra saber o que podemos esperar das faixas boas do novo disco!

***

Foi difícil ter que escolher apenas 7 de tantos vídeos maravilhosos que essa mulher tem. Na verdade, esse post não foi pra ranquear nada, mas sim para ajudar a manter vivo o legado de uma cantora que sempre falou o que pensa e expressou isso da forma que quisesse, sem se importar com números, desempenho comercial ou sei lá quantas semanas no topo das paradas. Afinal de contas, tudo isso é bem relativo quando se trata de uma carreira consolidada, não é mesmo?

Ouça “Beautiful Trauma”, da P!nk, no Spotify:

João Batista
Dono, idealizador e fundador do labirinto. Genioso, carioca que não sabe sambar e amante da cultura pop desde 1991.