CCXP 2018 | Painel de "Game of Thrones" trouxe Maisie Williams e John Bradley • MAZE // MTV Brasil
CoberturasGeek

CCXP 2018 | Painel de “Game of Thrones” trouxe Maisie Williams e John Bradley

Luiz Henrique Oliveira406 views

Era meio dia quando os portões da CCXP 2018 abriram. A essa hora, já havia muita gente esperando do lado de fora, ansiosa para dar os primeiros passos entre os estandes e atrações do evento. Porém, o dia seria longo: ainda haviam os painéis, cujos ingressos seriam disputadíssimos. E considerando que os convidados do dia eram tão espetaculares, a corrida para garantir o lugar já estava em curso.

O principal painel do dia, é claro, era de “Game of Thrones“. Além de um estande sensacional montado bem no centro da CCXP 2018, a HBO trouxe dois atros da série para uma conversa no principal palco do evento. Dessa forma, os fãs puderam conferir ao vivo o que eles tinham a dizer da próxima temporada, que estreia em abril.

Acima do estande da HBO, há um espaço – como se fosse uma varanda vidrada – para receber os convidados. Consequentemente, o público poderia ver quem passava por ali. Quando Maisie Williams, também conhecida como Arya Stark, surgiu por ali, foi grande a comoção. Fãs se amontoavam enquanto ela acenava simpaticamente. Com um visual totalmente diferente daquele usado na série, Williams tentava – da melhor maneira possível – corresponder ao carinho do público. A área central da CCXP 2018 ficou congestionada com tanta gente tirando fotos da atriz.

Pouco depois, foi a vez de John Bradley. Intérprete de Samwell no seriado, ele também chamou a atenção ao passar pelo estande da HBO. Foi ovacionado pelo público. Da mesma forma que Williams, ele procurou retribuir o carinho. Logo saíram do estande e foram para o painel dedicado a “Game of Thrones”, onde foram recebidos com uma orquestra tocando o tema principal da série. Foi um momento de grande emoção entre os fãs.

 

Luiz Henrique Oliveira
Nasceu no interior de São Paulo em 1986 e escreve sobre cinema em blogs desde 2004. Curte drama, comédia e ficção científica, mas ama mesmo O Poderoso Chefão. Tem interesse no mundo geek, em música brasileira e pode ser facilmente confundido com o Chico Bento pelas ruas da capital paulista.