ESTREIA NETFLIX | "Bandidos na TV" escancara a verdadeira face de um populista • MAZE // MTV Brasil
NetflixResenhasSéries e TV

ESTREIA NETFLIX | “Bandidos na TV” escancara a verdadeira face de um populista

Luiz Henrique Oliveira1444 views
ESTREIA NETFLIX | "Bandidos na TV" escancara a verdadeira face de um populista

Bandidos na TV”, série documental da Netflix, estreou neste fim de semana. A produção brasileira destrincha a ascensão e queda de Wallace Souza, um apresentador de televisão populista que, na verdade, era um criminoso perigoso.

Veja este conteúdo em vídeo clicando abaixo:

A história de Wallace é detalhada desde a época em que ele ainda tentava uma vaga na televisão, até passar pelo momento em que ele atinge números surpreendentes de audiência com uma fórmula simples, mas que todo mundo conhece: mostrando crimes em seu programa, falando contra a corrupção e bandidagem e a favor da “gente de bem”.

ESTREIA NETFLIX | "Bandidos na TV" escancara a verdadeira face de um populistaCom isso, ele se tornou um nome importante na região e se elegeu deputado. Só que a fachada populista e justiceira escondia um segredo terrível. Boa parte dos crimes mostrados em seu programa eram de autoria dele mesmo. Dessa forma, ele montou uma quadrilha para assassinar pessoas e mostrar na atração, em primeira mão. Além disso, Wallace também se dedicou ao tráfico de armas e drogas.

“Bandidos na TV” mostra como Wallace usou do seu poder como comunicador. Ele usava sua fama para conseguir crescer no submundo de Manaus. Um ex-guarda-costas, porém, desbaratinou seus planos. A série é exemplar em entrevistar amigos, parentes e inimigos de Wallace com isenção. O resultado é um produto altamente profissional. Dessa forma, a série é fácil de acompanhar. Sem deixar de chocar, é claro.

Wallace Souza, “estrela” de “Bandidos na TV”, morreu em 2010. No entanto, o seu legado de crimes acabou com a vida de várias famílias, que sofrem até hoje. Ainda há quem o considere um super-herói. Porém, sua face justiceira só servia para mascarar sua vida de crimes. Dessa forma, ele se mantinha como defensor do povo – mas defendia apenas a si mesmo. Tudo em busca de audiência, poder e dinheiro.

Luiz Henrique Oliveira
Nasceu no interior de São Paulo em 1986 e escreve sobre cinema em blogs desde 2004. Curte drama, comédia e ficção científica, mas ama mesmo O Poderoso Chefão. Tem interesse no mundo geek, em música brasileira e pode ser facilmente confundido com o Chico Bento pelas ruas da capital paulista.