Os melhores papeis da carreira de Jodie Foster • MAZE // MTV Brasil
EditoriaisFilmes

Os melhores papeis da carreira de Jodie Foster

João Batista1198 views

Vencedora de duas estatuetas do Oscar, dois Globos de Ouro, mais de 40 anos de carreira, sucesso como atriz e diretora de prestígio em Hollywood, Jodie Foster é uma das mulheres mais bem-sucedidas na história do cinema moderno.

Com um estilo marcante de atuar e dirigir, ela está na indústria do cinema desde a adolescência. Uma das poucas atrizes a vencer duas estatuetas em espaço de apenas três anos de diferença, Foster tem um currículo espetacular.

Abaixo, separamos alguns dos melhores papéis da carreira de Foster como atriz.

Taxi Driver (1976)

Sétimo filme dirigido por Martin Scorsese, Taxi Driver foi uma revolução em muitos sentidos cinematográficos e marcou o primeiro papel de sucesso global de Foster nos cinemas.

Com uma repercussão espetacular, Taxi Driver, estrelado por Robert de Niro, teve orçamento de apenas US$ 1,9 milhões, mas apresentou retorno de US$ 28,3 milhões nas bilheterias.

Na época das gravações, Foster tinha apenas 14 anos. No longa, ela interpretou Iris Steensma em um papel controverso que foi bastante elogiado pela crítica. Em entrevista anos mais tarde, Foster afirmou que De Niro foi um excelente mentor para a jovem atriz e que os conselhos do protagonista foram essenciais para sua carreira.

Jodie Foster em "Taxi Driver".

“Foster tinha a idade de sua personagem durante o filme e não é fácil acreditar a sua maturidade nas cenas. Suas falas são todas muito naturais”, aponta a crítica da especialista em cinema Pauline Keal para o jornal The New Yorker.

Acusados (1988)

Dirigido por Jonathan Kaplan, em Acusados o trabalho de Foster é totalmente diferente de Taxi Driver. Já muito mais madura e com 26 anos, a atriz interpreta outro difícil papel, dessa vez na pele de Sarah Tobias — que tenta se recuperar de um trauma.

Foster é a protagonista ao lado de Kelly McGillis, que no filme tenta incriminar os indivíduos que abusaram de Sarah. “Foster enfatiza o lado vítima da personagem com traços de coragem, dignidade e defesa própria em um dos melhores papeis de sua carreira”, aponta a crítica de Rita Kempley, do Washington Post.

Jodie Foster em "Acusados"

Trabalho que rendeu o primeiro Oscar da carreira de Foster (melhor atriz), esse filme de drama e suspense tem excelentes críticas e catapultou a carreira da atriz a um novo patamar.

Além do Oscar, Foster venceu o Globo de Ouro na categoria de melhor atriz dramática e foi indicada para o BAFTA.

Silêncio dos Inocentes (1991)

De acordo com a lista dos 100 melhores filmes da década de 1990 da revista Rolling Stones, Silêncio dos Inocentes aparece na quarta colocação. Dirigido por Jonathan Demme, esse longa protagonizado por Foster e Anthony Hopkins entrou para a história do cinema.

Foster interpreta o papel da agente do FBI Clarice Starling, que é designada para investigar os crimes envolvendo Hannibal Lecter (Hopkins). Um thriller de muito suspense, o filme evidencia as qualidades de Foster na pele de uma personagem determinada, destemida e esforçada.

O filme é inesquecível por vários motivos e um deles são as interações entre Starling e Lecter que são regidas de muito suspense, jogos psicológicos e manipulação mental.

Jodie Foster em "O Silêncio dos Inocentes"

“A admiração subjacente que ela ganha com Lecter ao lado de sua própria fascinação com os jogos psicológicos do criminoso adiciona mais camadas a um dos duelos mais marcantes do cinema”, diz a crítica do especialista em cinema Dan Stephens.

Além do Oscar de melhor atriz em Silêncio dos Inocentes, Foster foi premiada em uma série de festivais. O filme também é marcado pelo fato de que é um dos sete da história do Oscar que renderam a estatueta de melhor ator e melhor atriz para os personagens do mesmo longa.

Maverick (1994)

Primeiro e único papel “descontraído” de Foster na lista, Maverick é um longa de 1994 que foi adaptado de uma série homônima dos anos 1950 e 1960. O filme é protagonizado por Mel Gibson (no papel de Bret Maverick) e conta a história de um jogador de poker rumo a uma viagem para disputar um grande torneio.

Jodie Foster em "Maverick"

Foster interpreta o papel de Annabelle Bransford, que acompanha Maverick e Mashal Zane Cooper (James Garner) na aventura até ao torneio de poker. Nessa comédia que rendeu grande retorno nas bilheterias, Foster mostra o seu lado de talento como uma atriz engraçada e elegante.

No papel de coadjuvante, Foster dá vida a uma personagem que se envolve nas trapalhadas de Maverick. Além disso, o filme mostra a atriz na pele de uma jogadora de poker, algo até então inusitado na carreira de Foster.

O poker é um tema que rege o enredo principal do filme e, sendo um esporte cheio de táticas e estratégias, o filme Maverick consegue passar muito bem essa característica para os telespectadores e Foster, coadjuvante de Mel Gibson na trama, é parte importante disso.

O Quarto do Pânico (2002)

O lendário diretor David Fincher dirigiu um dos filmes mais marcantes da última década com O Quarto do Pânico. Foster é a protagonista e interpreta Meg Altman, uma mulher de meia idade que acaba de se mudar para uma nova casa com a filha adolescente.

Jodie Foster em "Quarto do Pânico"

A casa, porém, conta com um cômodo pouco comum: uma sala de segurança. Logo após as duas se mudarem para o lugar, acontece um assalto em que ambas são forçadas a se trancarem na sala.

O thriller de ação e suspense se desenrola a partir disso. Apesar de não ter ganhado nenhum Oscar, O Quarto do Pânico reforça o status de Foster como uma das melhores atrizes de Hollywood em filmes de suspense.

João Batista
Dono, idealizador e fundador do labirinto. Genioso, carioca que não sabe sambar e amante da cultura pop desde 1991.