Oscar 2019: Por que essa edição já entrou para a História? • MAZE // MTV Brasil
CoberturasLazer e Entretenimento

Oscar 2019: Por que essa edição já entrou para a História?

Luiz Henrique Oliveira9476 views

Os indicados ao Oscar 2019 saíram hoje. E com isso, já sabemos quem são os filmes e profissionais que ganharam uma chance de receber a cobiçada estatueta. Entretanto, hoje não falaremos sobre isso. Vamos mostrar para você, que está lendo agora, por que essa edição já está na História.

O nosso parceiro, o Canal Cinco Tons, publicou um vídeo falando mais sobre isso. Assista abaixo:

Depois do #OscarSoWhite, que tomou as redes sociais em 2016, a Academia (AMPAS) tratou de mudar seus conceitos. Se antes os votantes eram mais idosos e conservadores, a direção da entidade passou a tomar outros rumos. Dessa forma, tivemos um grande aumento da diversidade entre o corpo votante – e consequentemente, dos filmes indicados. “Roma” ganhando 10 indicações ao Oscar 2019, mesmo sendo um longa mexicano, em preto e branco e falado em espanhol, é uma prova disso. Além do mais, filmes com temática contra o preconceito racial e a afirmação desse povo, como “Infiltrado na Klan“, bem como em “Pantera Negra“, também figuram entre os reconhecidos.

Além disso, em “Pantera Negra”, esse é mais um paradigma quebrado. Filmes de super-heróis sempre foram negligenciados pela Academia. No entanto, neste ano esse preconceito caiu. O longa, que faz parte do Universo Cinematográfico da Marvel, conseguiu chegar ao topo, conquistando a indicação para Melhor Filme – além de outras seis, em categorias técnicas.

Por fim, também caiu o preconceito contra produções vindas das plataformas de streaming. A Netflix já ensaiava entrar para esse hall (“Mudbound” recebeu 4 indicações ano passado), e agora se consagra com “Roma”, de Alfonso Cuarón – o favorito para receber o prêmio de Melhor Diretor. Sem dúvidas, esse é um avanço que apaga a linha que separava a produtora da aclamação crítica completa. Em suma: com tudo isso, o Oscar nunca mais será o mesmo.

Luiz Henrique Oliveira
Nasceu no interior de São Paulo em 1986 e escreve sobre cinema em blogs desde 2004. Curte drama, comédia e ficção científica, mas ama mesmo O Poderoso Chefão. Tem interesse no mundo geek, em música brasileira e pode ser facilmente confundido com o Chico Bento pelas ruas da capital paulista.