Resenha | Sensual e tenso, "Paixão Obsessiva" é um suspense incrível! • MAZE // MTV Brasil
FilmesPostsResenhas

Resenha | Sensual e tenso, “Paixão Obsessiva” é um suspense incrível!

Victor Cavalcanti8287 views

Já havíamos previsto que 2017 seria um ano cheio de bons filmes, né? Fizemos até uma lista com os mais aguardados, lembram? Pois bem, essa previsão deu bem certo e nossa lista de filmes bons vem só aumentando, e mais um espacinho se abriu pra um suspense daqueles.

Em Paixão ObsessivaJulia (Rosario Dawson) é uma jovem adulta que se muda para a Califórnia por conta de seu noivado com David (Geoff Stults). Se habituando com o papel de futura esposa e madrasta, e tentando deixar seus problemas do passado longe de seu novo relacionamento, ela se depara com um novo problema: Tessa (Katherine Heigl), ex-esposa e mãe da filha de David, que parece não ter esquecido de seu ex-marido. 

O longa é um daqueles filmes que começa tudo muito confuso, sem você entender muita coisa. Essa sensação de estar desnorteado introduz uma tensão inicial que ajuda no clima e até no andamento do filme. A trama é muito boa, tem um bom ritmo e faz você pensar em possibilidades diferentes durante o longa.

O clima de suspense em “Paixão Obsessiva” se dá apenas pelo andamento e pela história, não há sangue em quase nenhuma cena. Pra quem ama uma história misteriosa, mas não curte terror e filmes sangrentos, o longa cai como uma luva. Fotografia linda, ótimos ângulos, muito bem editado e bonito, o filme ainda é uma obra visualmente bem sucedida, passando ao expectador o clima das cenas.

O filme possui um elenco muito bom, mas Katherine Heigl como Tessa fez um trabalho memorável, incrível e necessariamente perfeito. A atriz cai como uma luva no papel de dona de casa da classe alta, que vive sua vida em função da perfeição. Ela consegue passar o comportamento quase biônico e sem erros que a personagem exige.

No geral, “Paixão Obsessiva” é uma boa obra, do tipo que não vai apaixonar a crítica, mas que deve ganhar o grande público consumidor de suspense. Não é um clássico, mas vale até repetir a dose e assistir de novo.

Vamos deixar um trailer, mas não aconselhamos o play. A prévia entrega muito do longa, dá uns spoilers e mostra até o final o filme. Fica por sua conta, rs:

Victor Cavalcanti
Comunicador formado pela Universidade Metodista, narcisista desde os 15 anos, artista desde sempre. O resto tu descobre por aí.