Resenha: "Ponte dos Espiões" • MAZE // MTV Brasil
FilmesPostsResenhas

Resenha: “Ponte dos Espiões”

Vanessa Oliveira14025 views

Carregando nomes tão fortes, Ponte dos Espiões fala por si. Com Steven Spielberg na direção, Tom Hanks na atuação principal e os irmãos Coen no roteiro fica complexo não desejar ir o quanto antes no cinema, e essa decisão é mais do que certeira. Baseado em alguns fatos reais, a história te mergulha de cabeça no clima de guerra fria onde toda e qualquer informação pode mudar tudo.

“Se sua missão não existe, você não existe”.

Ponte dos Espiões - Pôster nacional (2015/Fox Film do Brasil)
Ponte dos Espiões – Pôster nacional (2015/Fox Film do Brasil)

James Donovan (Tom Hanks) está caminhando literalmente em um campo minado quando aceita defender um espião soviético que foi pego pelo FBI. Como um advogado especializado em seguros, seu desafio se torna ainda maior quando sua relação se estreita com seu cliente, Rudolf Abel (Mark Rylance). Donovan é uma ponte que liga dois pontos extremamente distintos: Estados Unidos e Rússia. Ele se torna uma peça fundamental quando um piloto norte americano é capturado pelo governo da Rússia, pois Rudolf se tornou uma moeda de troca e Donovan o intermédio dessa barganha, ou literalmente uma “ponte dos espiões”.

Peças fundamentais da história são pinceladas no desenrolar da trama: o muro de Berlin na Alemanha, o clima de tensão entre Estados Unidos e a União Soviética, o incidente do avião norte americano U-2 e como ele foi construído são alguns dos pedaços dessa colcha de retalhos pelos quais James está costurando, onde ele aparece sempre entre a cruz e a espada por ser ao mesmo tempo um defensor e um acusador da América.

Com perfeita ambientação, fica complexo acreditar que a obra foi filmada nos dias atuais. A fotografia principal do filme começou em setembro de 2014 em locações de Nova York, Alemanha e Polónia, incluindo muitos locais onde os fatos realmente aconteceram. A produção europeia iniciou-se em Berlim, onde foi realizada a troca dos prisioneiros Abel e Powers. Para filmar as sequências que mostrariam o “Muro de Berlim”, a produção viajou para Wrolcaw, Polônia, local que se assemelha com mais precisão com a Berlim Oriental de 1961 que a própria Berlim atual. (Fonte: IMDB)

Ponte dos Espiões será um destaque em um ano recheado de espionagem. Com momentos cômicos que quebram o gelo, o filme narra de forma linear esse desafio que caiu como uma bomba sobre o colo de Donovan, fica complexo não se envolver de forma pessoal com Abel e a vontade de vê-lo fora do território americano só aumenta a cada novo passo de seu processo e negociação. Com o patriotismo americano de sempre, mas com uma mão menos pesada é uma boa pedida para ir ao cinema, ser golpeado várias vezes, mas sempre se levantar faz com que James sobreviva e faz dele um “homem persistente”.

Com distribuição da Fox Film do Brasil, Ponte dos Espiões tem estreia nacional marcada para o dia 22 de outubro.